fbpx

São Judas Tadeu

  • Festa litúrgica: 28 de outubro
  • Padroeiro (a): Das causas desesperadas ou perdidas, da Armênia, dos hospitais, de São Petersburgo, da Flórida e do Clube de Regatas do Flamengo do Rio de Janeiro.
São Judas Tadeu, ou São Judas Apóstolo, nasceu no século I e morreu em 28 de outubro de 70. Por ter sido um dos doze apóstolos de Jesus, geralmente é representado com chamas em volta de sua cabeça, que simbolizam o recebimento do Espírito Santo durante o Pentecostes, e com uma lança ou um machado. São Judas era primo de Jesus e escreveu a Epístola de Judas, na qual se preocupava em expor falsos relatos e falsos profetas. São Judas foi martirizado e executado na Pérsia, juntamente com São Simão, por causa de suas pregações, que converteram dezenas de milhares pessoas. Seu corpo repousa no Vaticano, na Basílica de São Pedro.
Em sua imagem, o manto vermelho indica seu suplício; a lança e o machado foram os instrumentos utilizados em seu martírio; a túnica verde representa a vitória sobre a morte; o livro em suas mãos corresponde à sua missão como apóstolo e seu livro no Novo Testamento; e o medalhão indica sua fé inabalável em Jesus.

São Judas Tadeu, apóstolo escolhido por Cristo, eu vos saúdo e louvo pela fidelidade e amor com que cumpristes vossa missão.
Chamado e enviado por Jesus, sois uma das doze colunas que sustentam a verdadeira Igreja, fundada por Cristo.
Inúmeras pessoas, imitando vosso exemplo e auxiliadas por vossa oração, encontram o caminho para o Pai, abrem o coração aos irmãos se descobrem forças para vencer o pecado e superar todo o mal. Quero imitar-vos, comprometendo-me com Cristo e com sua Igreja, por uma decidida conversão a Deus e ao próximo, especialmente o mais pobre.
E, assim convertido, assumirei a missão de viver e anunciar o Evangelho, como membro ativo de minha comunidade.
Espero, então, alcançar de Deus a graça que imploro confiando na vossa poderosa intercessão.
São Judas Tadeu, rogai por nós!
Amém

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp