fbpx

São Mateus

  • Festa litúrgica: 21 de setembro
  • Padroeiro (a): Dos profissionais que lidam com dinheiro, como contadores, auditores fiscais e banqueiros, de Salerno e da Itália.
São Mateus, também conhecido como Mateus Evangelista ou Mateus Apóstolo, nasceu na Galileia e morreu aproximadamente em 72, em Hierápolis ou na Etiópia. Foi o autor do Evangelho de Mateus e um dos doze Apóstolos. Além disso, alguns teólogos atribuem a ele a autoria do Evangelho dos Hebreus. Segundo a Bíblia, São Mateus era coletor de impostos e, muitas vezes, também é identificado como Levi, filho de Alfeu. Como discípulo, testemunhou a Ressurreição e a Ascensão de Jesus. Após a morte de Cristo, pregou, em hebraico, para a comunidade judaica e, após quinze anos, partiu da Judeia para evangelizar em outros lugares, incluindo a Macedônia, a Pérsia e a Etiópia, onde foi apedrejado, decapitado e queimado por defender Santa Ifigênia, segundo uma das tantas versões. Seus restos mortais foram encontrados em 1080 e sepultados na cidade italiana de Salerno, onde permanecem.
Em sua imagem, a túnica azul representa a pureza de seu coração e a glória celestial; o manto roxo corresponde à fé, à confiança, à paciência, à penitência e ao jejum; a pena em sua mão corresponde à sua missão como evangelizador e apóstolo; a folha de carvalho é o símbolo da perseverança dos cristãos durante a perseguição romana; e o anjo aos seus pés indica sua preocupação em representar Cristo com uma natureza humana, a revelação de que São Mateus está no céu e a proteção que os anjos ofereceram à missão apostólica de São Mateus.
Ó Deus, que na vossa inesgotável misericórdia escolhestes o publicano Mateus para torná-lo Apóstolo, dai-nos, por sua oração e exemplo, a graça de vos seguir e permanecer sempre convosco. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp